No Brasil

Depois de 40 horas de viajem, um tanto quanto cansativa, – apesar de onibus ser nada mais que um sonifero pra mim(sentar e dormir) – agora estou em casa.
É otima a sensação de chegar, parece que tudo é diferente, as pessoas falam seu idioma materno por todos os lados, e eu juro que toda vez que chego no Brasil e a mesma expressão de ‘nossa que estranho ouvir português em todo lugar’.Até a casa parece diferente.
Cheguei em casa e dei uma abraço na minha mãe, no meu cachorro, e um assovio pro passarinho, antes disso, no terminal mesmo, já tinha abraçado meu pai,  é gostoso sentir esse amor depois de tanto tempo fora de casa.
Sem contar os ‘mimos’ que só a mamãe sabe fazer, compro guaraná, 20 mil bolachas diferentes, uma caixa de biz, fez uma panqueca que fazia tempo que não comia – ahhh a comida da mamãe, sem comentarios.
Depois fui ver alguns amigos, o tempo não deixou eu ver todos mais ao longo dessa semana vou tentar ver o maximo de pessoas que eu puder.
Senti falta disso tudo!

Eu decidi vir na ultima hora, precisava disso, precisava desse descanso, dessa paz interna que me faltava pra botar a cabeça em ordem.

Estou feliz!E que essas 2 semanas de ‘férias‘ sejam eternas…

 Mimi ♥

Anúncios