Eu paro e digo a mim mesma “NÃO, JÁ FOI, BASTA DE BLOGAR.VOCÊ JÁ ESTÁ MUITO GRANDE PRA ISSO, MENINA” , aí passa meses e eu esqueço que já tive blog na minha vida, depois do nada vem aquela vontade subita de escrever, de mostrar coisas, de contar coisas. Aí eu volto a deleitar do poder que o blog tem.Conheci tanta gente importante por aqui.

 

Capaz que eu volte, capaz que não, no entando pelo menos expresso minha humilde vontade de estar por aqui uma vez mais (:

No Brasil

Depois de 40 horas de viajem, um tanto quanto cansativa, – apesar de onibus ser nada mais que um sonifero pra mim(sentar e dormir) – agora estou em casa.
É otima a sensação de chegar, parece que tudo é diferente, as pessoas falam seu idioma materno por todos os lados, e eu juro que toda vez que chego no Brasil e a mesma expressão de ‘nossa que estranho ouvir português em todo lugar’.Até a casa parece diferente.
Cheguei em casa e dei uma abraço na minha mãe, no meu cachorro, e um assovio pro passarinho, antes disso, no terminal mesmo, já tinha abraçado meu pai,  é gostoso sentir esse amor depois de tanto tempo fora de casa.
Sem contar os ‘mimos’ que só a mamãe sabe fazer, compro guaraná, 20 mil bolachas diferentes, uma caixa de biz, fez uma panqueca que fazia tempo que não comia – ahhh a comida da mamãe, sem comentarios.
Depois fui ver alguns amigos, o tempo não deixou eu ver todos mais ao longo dessa semana vou tentar ver o maximo de pessoas que eu puder.
Senti falta disso tudo!

Eu decidi vir na ultima hora, precisava disso, precisava desse descanso, dessa paz interna que me faltava pra botar a cabeça em ordem.

Estou feliz!E que essas 2 semanas de ‘férias‘ sejam eternas…

 Mimi ♥

A cultura do Mate

Mate e Media Luna

Mate e Media Luna

O mate vem da palavra quechua “mati, que significa vaso o recipiente, era consumido por povos guaranís e outros povos, e foi adotado rapidamente pelos colonizadores ficando como um acervo cultural em alguns países.Até mesmo no Sul do Brasil[mais conhecido como chimarrão], porém a erva não é igual.

Aqui, na Argentina é mais que comum ver alguem tomando mate, em todos os lugares que você anda por aqui, desde parques a faculdades, sempre vai encontra um argentino com um mate e sua garrafa termica. E eu devo confesar que até eu mesmo aderi ao costume, uma vez por dia, a tarde depois das aulas tenho o ritual de comprar algumas médias lunas(pão que pode ser doce ou salgado) e tomar um mate.

O mate é composto basicamente por 3 coisas, o ‘mate’ que é o recipiente, a ‘bombilla’, que seria como o canudo e a erva que se chama ‘llex paraguayensis’. A preparacão de ‘um bom mate’ tem a ver com a temperatura da água(não pode deixar a água ferver), a forma de colocar a bombilla e até mesmo a forma de colocar a erva dentro do mate.
Além disso o mate tem algumas variedades de como preparar, já dizia o homem que tem gosto para qualquer cliente.
O Mate amargo é a erva propriamente dita , já o mate doce pode adicionar um poco de acucar(ou muita), eu particularmente não gosto de mate doce, mesmo com a erva sendo meio amarga me acostumei ao sabor.
Outra maneira de se fazer o mate é o mate frio, mais conhecido como tereré, ótimo para dias de calor, que em vez de usar a água quente, se usa suco e gelo.

Além de ser gostoso alguns estudos dectaram preseça de vitaminas além e auxiliar na digestão, ser diurético, estimulante, laxante e até mesmo produzir efeitos anti-reumáticos.

E aí, que tal sentar e tomar um mate?

                                                                                                                                                                                                                                        Mimi ♥

Um pouco mais por aqui: http://es.wikipedia.org/wiki/Mate_(infusi%C3%B3n)
http://www.mateargentino.com.ar/

Hoje é dia de… Cozinha

Quando você passa a ser dono do fogão é a hora de aprender a cozinhar.Devo assumir que eu nunca fui alguém com muita intimidade/afinidade por cozinha, muito menos achei que ia pegar gosto, porém nunca é tarde para botar a mão na massa não é mesmo?Resolvi aprender a cozinhar coisas mais saúdaveis que hamburgues e salsichas,afinal meu próprio estomago estava pedindo. Hoje vou colocar aqui uma receitinha super facil e prática que aprendi com uns amigos e que fica uma delicia, otimo pra quem quer variar e não tem muito tempo pra passar na cozinha…

Rocambole de Carne Moida no forno


Ingredientes:

  • 500g de carne moida
  • 1 colher de alho picado
  • Meia xicara de café de Cebola picada
  • Sal (a gosto)
  • 1 tablete de caldo de Carne
  • Queijo Ralado

Preparando: Misture a carne, o alho, a cebola,o tablete de caldo de carne e o sal(lembre que o tablete já vem com Sal), misture bem pra que tempere todo.Para enrolar a carne, use uma sacola plastica e dê a forma desejada, coloque em uma forma um pouco de óleo, coloque o rocambole e salpique queijo ralado por cima. Deixar no forno em tono de 30 minutos.

Quem fizer me diz como ficou 😀

Mimi♥